ESTE BLOG POSSUI CONTEÚDOS ACADÊMICOS RELACIONADOS AO CURSO DE GEOGRAFIA (LICENCIATURA) E, CONTEÚDOS DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA. OBRIGADO PELA VISITA.

COLABORE COM O DESENVOLVIMENTO DESTE BLOG, PARA MAIS ESTUDOS E INFORMAÇÕES IMPORTANTES. MANDE SUA COLABORAÇÃO PARA BANCO DO BRASIL AGENCIA 3744-3 CONTA 9.422-6 MISSAL / PARANÁ.

INTERESSE EM PATROCINAR ESTE BLOG ENTRE EM CONTATO PELO E-MAIL anderson_josebender@hotmail.com

Quem sou eu

Minha foto
Sou simples, honesto, sincero, dedicado, carinhoso, compreensível e de muita fé em DEUS. Sou católico, Professor formado em Educação Infantil, pelo curso de formação de docentes do C.E.P.E.M (Colégio Estadual Padre Eduardo Michelis) de Missal - PR, formado em Geografia (licenciatura) pela UNIGUAÇU – FAESI, e cursando atualmente Pós - Graduação em Educação Especial e Inclusiva.

Pesquisar no blog

Carregando...

Origem das Visitas

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Curiosidades sobre as regiões do Brasil



QUESTÕES REGIÃO SUDESTE:

1- Cite quais os principais tipos de vegetação da região Sudeste?
R: Mata Atlântica, Cerrado, Caatinga e Vegetação Litorânea.

2- Por quais bacias hidrográficas a região sudeste é abrangida?
R: A região Sudeste é abrangida pelas bacias hidrográficas do Rio Paraná, do Rio São Francisco e pelas bacias do Leste e do Sudeste.

3- Por que a região Sudeste pode ser considerada a mais industrializada e desenvolvida do País?
R: É a região mais populosa e industrializada do país. Hoje em dia, atuam principalmente no setor secundário e terciário, em restaurantes, indústrias de bebidas, alimentos, moveleiras, química, farmacêutica, automobilística, eletroeletrônica, de comunicação etc. Além disso, possui também uma moderna e produtiva agropecuária, com destaque para o café, a cana-de-açúcar, a laranja e o gado leiteiro. Trabalho, beleza, ação, conhecimento, arte, poder, sol, praias, grutas, montanhas, problemas sociais, arquitetura do estilo barroco ao ultramoderno, movimento, culinária globalizada; a face urbana do país, que imigrantes portugueses, italianos, espanhóis, árabes, alemães, orientais, entre outros, ajudaram a construir e misturar.

4- Dentro da região Sudeste a uma cidade que se destaca na questão da economia, e pode ser considerada a cidade mais rica. Tem um PIB em torno de um trilhão e com uma participação de 33% no Produto Interno Bruto nacional. A partir desses dados cite o nome dessa cidade.
R: São Paulo

5- Quais os tipos de climas que predominam na região Sudeste?
R: A Região Sudeste destaca-se pelos climas tropical, tropical de altitude, litorâneo úmido e subtropical úmido.

QUESTÕES DA REGIÃO SUL

1- O que os imigrantes alemães e italianos trouxeram para complementar a cultura do sul do Brasil?
Festas típicas, danças, músicas, culinária, idiomas, trajes típicos e os costumes do seu país de origem.

2- A região sul do Brasil possui uma vegetação bem diversificada, fale sobre elas.
Mata de Araucárias, bastante devastada e da qual só restam alguns trechos, aparece nas partes mais elevadas dos planaltos do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina.
Possui vastas extensões de terra de campos limpos, conhecidos pelo nome de campos meridionais.
O litoral merece destaque a vegetação costeira de mangues, praias e restingas.
Floresta Tropical Atlântica, esse tipo de vegetação é encontrado nas planícies costeiras, além de encostas e serras.

3- Fale como foi o processo de colonização do sul do Brasil, e porque foi diferente do que ocorreu em São Paulo?
A Região Sul foi destinada, pelo governo brasileiro, ao povoamento com colonos e tinham como objetivo fazer do povoamento e da colonização mecanismos de conquista e de manutenção do território, povoar áreas de florestas próximas de rios, enquanto no sistema adotado na província de São Paulo, o objetivo era solucionar a carência de mão-de-obra nas propriedades de café.

4- Porque o sul do Brasil é conhecido por proporcionar aos seus habitantes a melhor qualidade de vida?
Por que oferecem o melhor índice de desenvolvimento humano, os melhores indicadores de mortalidade infantil, educação e saúde, além de possuir a segunda renda per capita do Brasil.

5- Quais são as principais atividades econômicas da região sul?
Agricultura: atividade econômica de maior rendimento e que emprega o maior número de trabalhadores.
Pecuária: o Paraná possui destaque na criação de suínos, abastece a população, serve de matéria-prima a grandes frigoríficos.
Extrativismo: O extrativismo na região Sul, apesar de ser uma atividade econômica complementar, é bastante desenvolvido.
Indústria: As maiores concentrações industriais situam-se nas regiões metropolitanas de Curitiba no Paraná e Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

QUESTÕES DA REGIÃO NORDESTE

1- Qual a primeira atividade econômica realizada no litoral nordestino logo após o descobrimento do Brasil?
A extração do Pau-Brasil

2- Alguns países como a França não concordavam com o tratado de Tordesilhas e realizavam constantes ataques ao litoral nordestino. Qual era o objetivo desse ataque?
O principal objetivo desses ataques era o de contrabandear madeira para a Europa.

3- Para que se pudesse analisar de forma mais fácil às características da região Nordeste, o IBGE dividiu a região em quatro zonas (Sub-regiões) quais são elas?
O nordeste se encontra dividido nas sub-regiões: Meio-Norte, Sertão, Agreste Nordestino, Zona da Mata.

4- Quais os principais problemas nordestinos que se estendem desde os tempos históricos?
Agricultura atrasada e pouco diversificada, grandes latifundiários, concentração de renda e uma indústria pouco diversificada e de baixa produtividade; além do fenômeno natural de secas constantes.

5- A resistência quilombola se iniciou no Brasil com a fuga de escravos para o quilombo dos palmares na região nordestina, em que época isso aconteceu?
Durante o período colonial no século XVI

QUESTÕES DA REGIÃO CENTRO-OESTE

1- Como se iniciou a colonização do centro oeste?
R: Durante os séculos XVI, XVII e XVIII, com o objetivo de descobrir ouro e pedras preciosas, os bandeirantes, partindo da vila de São Paulo, iniciaram a ocupação da região Centro-Oeste, que antes era uma área praticamente esquecida pelos colonizadores.

2- A agroindústria é o setor mais importante do centro oeste, ela é principal produtora de quais grãos?
R: Soja, algodão, sorgo, é a segunda na produção de milho e arroz.

3- O relevo é dividido em três partes. Quais são elas?
R: Planalto central, Planalto meridional e a Planície do pantanal.

4- Por que a fauna da região centro oeste é a mais rica do país?
R: É que é favorecida pela posição geográfica da região, que compartilha espécies dos biomas do Cerrado, Amazônia, Mata Atlântica, Pantanal e Caatinga.

5- Qual é o clima da região centro-oeste?
R: Tropical semiúmido, os verões são quentes e chuvosos e o inverno é frio e seco.

QUESTÕES DA REGIÃO NORTE

1- Porque a ocupação crescente da Amazônia tem trazido sérios prejuízos para os grupos indígenas?
A ocupação da Amazônia tem causado a invasão das terras dos índios por fazendeiros, posseiros e garimpeiros.

2- O extrativismo vegetal é uma atividade que ainda emprega muitas pessoas na Amazônia. O que quer dizer extrativismo vegetal?
É a atividade de coleta de produtos naturais nas matas.

3- Porque o extrativismo vegetal tem pequeno impacto sobre o espaço natural da Amazônia? Cite alguns produtos do extrativismo vegetal na Amazônia.
Porque ele se baseia no uso limitado da vegetação original. Borracha, guaraná, castanha-do-pará.

4- Explique por que o maior polo industrial da região norte é Manaus.
Manaus é o principal polo industrial da Amazônia porque a industrialização da cidade foi estimulada pelo governo federal através da criação da Zona Franca de Manaus.

5- Qual foi a importância da seringueira na ocupação da região Norte?
Por que ela fornece o látex, que é a matéria-prima da borracha. A exploração do látex e a exportação de borracha atraíram milhares de nordestinos para a Amazônia no final do século XIX e inicio do século XX.

OUTRAS QUESTÕES PARA PESQUISAR E ESTUDAR

1- Podemos dividir a floresta Amazônica em 3 tipos de perfis florestais, chamadas de matas. Quais são elas? Como se caracterizam?
Existem três tipos de floresta da Amazônia. As duas últimas formam a Amazônia brasileira: florestas montanhosas andinas, florestas de terra firme e florestas fluviais alagadas.
A floresta de terra firme, que não difere muito da floresta andina, exceto pela menor densidade, apresenta um solo extremamente pobre em nutrientes.
A floresta fluvial alagada também apresenta algumas adaptações às condições do ambiente
As áreas localizadas em terrenos baixos e sujeitos a inundações periódicas por águas brancas ou turvas, provenientes de rios de regiões ricas em matéria orgânica, são chamadas de florestas de várzea. E as áreas alagadas por águas escuras, que percorrem terras arenosas e pobres em minerais e que assumem uma coloração escura devido à matéria orgânica presente, são chamadas de florestas de igapó. A oscilação do nível das águas pode chegar a até dez metros de altura.

2- Qual o ponto mais elevado do Brasil? Onde se situa?
O Ponto mais elevado do Brasil Com mais de 2.993 metros é o Pico da Neblina, que fica no Estado do Amazonas.

3- Quais são as bacias hidrográficas que se caracterizam, respectivamente, por apresentar, um: regime fluvial misto; outra: regime fluvial intermitente ou temporário?
Uma das bacias de regime fluvial misto é a do Rio Amazonas, já as bacias de regime fluvial intermitente ou temporário como a bacia do Paranaíba são as dos rios do Sertão Nordestino, localizados em área de clima semiárido, com longos períodos de seca.

4- Qual é o maior estado em extensão territorial do Brasil?
O Amazonas é uma das 27 unidades federativas do Brasil, sendo a mais extensa delas, ocupando uma área de 1.570.745,680km², pouco maior que a Mongólia e pouco menor que a área da Região Nordeste brasileira, com seus nove estados.

5- Qual é o menor estado em extensão do Brasil?
É Sergipe, sua área é 22.050,3 km².

6- Qual é a região com temperaturas médias anuais mais elevadas do Brasil?
Na Região Norte é onde se encontram as temperaturas médias anuais superiores a 25°C, no entanto parte da região nordeste mais precisamente no agreste e no sertão nordestino, e o norte do centro-oeste também possuem temperaturas elevadas. 

7- Quais são as atividades econômicas que mais se destacam em cada região brasileira? Cite um exemplo para cada atividade econômica.
Na região Norte, a economia baseia-se, principalmente, no extrativismo vegetal de produtos como madeira, látex, açaí e castanha. A atividade de mineração também é muito forte na região, principalmente a extração de ferro, cobre e ouro. Merece destaque também a Zona Franca de Manaus.
Na região Nordeste, a economia é bem diversificada, destacando-se o turismo, além da grande presença de indústrias, agronegócios e exploração de petróleo. A cana de açúcar é o principal produto agrícola da região.
Na região centro oeste, a economia baseia-se em torno da agropecuária como: Soja, milho, entre outros e na pecuária bovina e indústrias.
Na região sudeste, a economia baseia-se na indústria, isso por que a mesma possui o maior parque industrial do Brasil, abrigando as maiores siderúrgicas e montadoras do país, outros destaques são os serviços de comércio que se apresentam bastante diversificados e sofisticados, sendo a principal atividade econômica da região.
Na região sul, a economia baseia-se das riquezas dos ramos industriais principalmente pelos setores automobilísticos, têxtil e alimentício. No entanto vale destacar que a agropecuária é bem forte na região.

8- Quais são as principais características das sub-regiões nordestinas?
Meio-norte – é uma faixa de transição entre a Amazônia e o sertão semiárido do Nordeste, é composta pelos estados do Maranhão e oeste do Piauí. A vegetação natural dessa área é a mata de cocais, carnaúbas e babaçus, em sua maioria. Apresenta índices pluviométricos maiores a oeste. É uma região economicamente pouco desenvolvida, prevalece o extrativismo vegetal, praticado na mata de cocais remanescente (babaçu), agricultura tradicional de algodão, cana de açúcar e arroz, além da pecuária extensiva.
Sertão é uma extensa área de clima semiárido, conhecido como “Polígono das Secas”. Compreende o centro da Região Nordeste, está presente em quase todos os estados. Essa sub-região nordestina possui o menor índice demográfico da Região.
Os índices de pluviosidade são baixos e irregulares, com a ocorrência periódica de secas. A vegetação típica é a caatinga. A bacia do rio São Francisco é a maior da região e a única fonte de água perene para as populações que habitam suas margens, é aproveitado também para irrigação e fonte de energia através de hidrelétricas como a de Sobradinho (BA). As maiores concentrações populacionais estão nos vales dos rios Cariri e São Francisco. A principal atividade econômica é a pecuária extensiva e de corte. Outras atividades desenvolvidas no Sertão são: cultivo irrigado de frutas, flores, cana de açúcar, milho, feijão, algodão de fibra longa (no Vale do Cariri, Ceará), extração de sal (litoral cearense e potiguar) e o turismo nas cidades litorâneas. A indústria baseia-se no polo têxtil e de confecções. Políticas públicas são necessárias para o desenvolvimento socioeconômico no Sertão nordestino, proporcionado qualidade de vida para sua população.
Agreste – corresponde à área de transição entre o sertão semiárido e a zona da mata, úmida e cheia de brejos. Essa sub-região é composta pelos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia. A principal atividade econômica nos trechos mais secos do agreste é a pecuária extensiva; nos trechos mais úmidos é a agricultura de subsistência e a pecuária leiteira. Predominam as pequenas e médias propriedades com o cultivo do algodão, do café e do sisal (planta da qual se extrai uma fibra utilizada para fabricar tapetes, bolsas, cordas, etc.). Outro elemento de destaque na economia local é o turismo, com a realização de festas que atraem multidões, como, por exemplo, as festas juninas.
Zona da Mata – também conhecida como Litoral Continental, essa sub-região compreende uma faixa litorânea de até 200 quilômetros de largura que se estende do Rio Grande do Norte ao sul da Bahia. Apresenta a maior concentração populacional do Nordeste e é a sub-região mais urbanizada. O clima é tropical úmido e o solo é fértil em razão da regularidade de chuvas. A vegetação natural é a mata Atlântica. O cultivo da cana de açúcar é a principal atividade econômica praticada na Zona da Mata. Outras atividades econômicas desenvolvidas são: extração de petróleo, o cultivo de cacau, café, frutas, fumo, lavoura de subsistência, significativa industrialização, destaca-se também a produção de sal marinho, principalmente no Rio Grande do Norte, além da atividade turística que atraí milhões de visitantes para as belas praias nordestinas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcadores