ESTE BLOG POSSUI CONTEÚDOS ACADÊMICOS RELACIONADOS AO CURSO DE GEOGRAFIA (LICENCIATURA) E, CONTEÚDOS DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA. OBRIGADO PELA VISITA.

COLABORE COM O DESENVOLVIMENTO DESTE BLOG, PARA MAIS ESTUDOS E INFORMAÇÕES IMPORTANTES. MANDE SUA COLABORAÇÃO PARA BANCO DO BRASIL AGENCIA 3744-3 CONTA 9.422-6 MISSAL / PARANÁ.

INTERESSE EM PATROCINAR ESTE BLOG ENTRE EM CONTATO PELO E-MAIL anderson_josebender@hotmail.com

Quem sou eu

Minha foto
Sou simples, honesto, sincero, dedicado, carinhoso, compreensível e de muita fé em DEUS. Sou católico, Professor formado em Educação Infantil, pelo curso de formação de docentes do C.E.P.E.M (Colégio Estadual Padre Eduardo Michelis) de Missal - PR, formado em Geografia (licenciatura) pela UNIGUAÇU – FAESI, e cursando atualmente Pós - Graduação em Educação Especial e Inclusiva.

Pesquisar no blog

Origem das Visitas

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Questões e respostas sobre a Prática de Ensino.

1.                  Como traduzir a concepção de mundo em nossas salas de aula?
Não sobrecarregando o aluno com milhões de informações que são inutilmente decoradas.

2.                  Como construir conceitos/noções básicas do vocabulário específico da geografia sem recorrer à simples memorização?Quais são essas noções básicas?como evitar a memorização dessas noções?
Uma das maiores chateações dos alunos é justamente a memorização. Posto isso sabemos que estamos questionando certos tipos de livros didáticos como: coordenadas e fusos na 5º série, Brasil na 6º, America só na 7º e resto do mundo na 8º.
A imprensa traz diariamente muitos assuntos que podem originar aulas mais participativas. Até porque é preciso estimular uma leitura menos ingênua das matérias dos meios de comunicação, tamanho o grau de manipulação e distorção.

3.                  Como superar a dicotomia homem versus natureza?
Cremos que o trabalho humano seja uma categoria fundamental. Afinal é ele que transforma a natureza em coisas úteis e necessárias à nossa vida em sociedade. E é nessa sobrevivência diária que vamos alterando, destruindo e construindo o espaço geográfico que habitamos

4.                  Como são construídas as fronteiras?
As fronteiras são uma construção humana e que portanto, são provisórias, repletas de interesses e conflitos, lembrando que fronteiras não são só unidades administrativas. Um caixa de supermercado é uma fronteira intransponível para quem não tem dinheiro ou crédito para comprar, o mesmo vale para as vitrines das lojas (tão perto, tão longe, sonhos e realidades).

FOCO AVALIATIVO I
Priorizar o social é pois, absolutamente fundamental para entender o espaço. A geografia deve cuidar para não naturalizar o social.

FOCO AVALIATIVO II
A prática de ensino em discussão
Diferentes tendências pedagógicas predominaram, contudo a didática continua até hoje centrando a formação prática do educador. Cabe no entanto questionar segundo Piconez  se a prática do ensino tem acompanhado o movimento de tendências do ensino. De acordo com esta autora, os alunos estagiários não têm conseguido perceber as dimensões sociais, políticas e pedagógicas do processo educativo.
Sua proposta é que esta disciplina seja desenvolvida a partir da aproximação entre a realidade escolar e o aprofundamento da relação dialítica prática – teórica – prática. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcadores